Emulação pelas próprias mãos: a estranha história do roubo da década