Freakview #3: Silent Hill 3, um jogo fora do universo masculino