Um olho no controle, outro no IBOPE