A Microsoft tem razão em banir?