Chefão de Battlefield pede as contas e está fora da Electronic Arts