Microsoft admite que não ganhou R$1 com vendas de consoles de mesa