Lost Epic tenta ser um soulslike 2D, mas esbarra no básico